Protimus

Administrador
  • Total de itens

    1.650
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    18

Reputação

165 Especialista

Sobre Protimus

  • Rank
    Administrador & Fundador
  • Data de Nascimento 20-02-1991

Informa??o do Perfil

  • Sexo:
    N?o informado

Últimos Visitantes

17.932 visualizações
  1. Sim, comecei a criar as telas referente as traduções. Haverá uma tela quando você clica em traduções, onde terão dois botões: "Traduzir" e "Entregar". Cada botão direciona para outra tela correspondente à sua devida função, ou seja, a parte de traduções tem 3 telas. Eu já fiz a tela de envio, para entregas e estou fazendo a tela de traduções em si, preciso de depois de dois botões para fazer a outra tela principal que direciona para essas duas.
  2. Página de estatísticas criada: Eu ainda quero colocar um degrade na fonte do h1 do topo referente ao título "Estatísticas de desenvolvimento". Também falta estilizar o hover do gráfico pie (pizza). Fora isso, a página está funcionando com Angular e depois só preciso fazer integrações com o banco de dados para pegar "dados reais".
  3. Eu ainda não decidi o que vou fazer em todas, mas as que eu decidi são as abaixo. Tela de bugs: Vai ser um "mini-forum" dentro da tela de bugs, igual o antigo IP Track que utilizávamos aqui ou outros sistemas de comentário. Onde a pessoa digita qual é o bug, nós atribuímos um status e deixamos público para qualquer usuário ou os desenvolvedores resolverem. É possível conversar com postagens, igual fazemos no fórum. Tela de traduções: A tela de traduções vai ser um pouco diferente, a ideia é fazer uma tabela com todos os arquivos que precisam de tradução e a pessoa pode selecionar qual quer traduzir. Depois de escolher, a tradução ficará pendente e o usuário terá um tempo para traduzir conforme a quantidade de linhas do arquivo. Caso ela não entregue a tradução dentro do período estabelecido pelo sistema, automaticamente o status da tradução muda para "não-traduzido" e sem vinculo com qualquer usuário, podendo ser "pego" novamente por quem queira. Quando a tradução é concluída, o usuário pode enviar o arquivo diretamente pelo sistema. Sempre que uma tradução for enviada/concluída, será enviado um alerta através de email para todos os desenvolvedores. Um dos desenvolvedores precisará aprovar a tradução e ela será enviada manualmente para o Github por ele próprio, com os devidos créditos de quem traduziu. Tela de metas: Será relacionada com o sistema de bugs e traduções, mas também haverão metas para os desenvolvedores. Essas metas serão pré-estabelecidas pelos administradores do projeto, podendo elas serem coisas como: "Criação de NPCs do episódio X do jogo". "Atualização de pacotes para novas versões do executável", etc. Tela de estatísticas: Conterá estatísticas gerais dos sistemas com informativos através de gráficos.
  4. Concluída a tela principal do CMS, agora faltam as telas de conteúdo. https://github.com/Protimus/brACD/commit/8497b214f4e9fe6a625dd0ec1f8b081628cb624e
  5. Tá ótimo, era bem nesse estilo que eu estava pensando. Pode me passar as imagens ou PSD?
  6. Eu pensei nisso, mas achei que não ficaria bom para o estilo de design. Acho que ficaria melhor inline caso não houvesse a coluna com informações do lado esquerdo, ficaria melhor usando a página toda para o formulário. Fique a vontade se quiser alterar para testar como fica, a gente decide qual usar juntos. Agora temos um controlador para os formulários de login. O botão de entrar só funciona após validação dos campos e existe uma segunda tela em javascript após o login que auxilia em uma "segunda validação". As mensagens de erro são exibidas abaixo dos inputs, caso não sejam devidamente preenchidas. https://github.com/Protimus/brACD/commit/a4e7ed30baada4512013f462dea7929bbb6fbc05 EDIT: Foi criada a página de cadastro. Além das informações como email e senha, é necessário informar uma data de nascimento como segundo atributo de verificação para resetar a senha em caso de perda e necessidade de recuperação. Tanto para a página de login como para a página de registro, ainda será adicionado o Recaptcha com Angular para validação do formulário. https://github.com/Protimus/brACD/commit/da2d8cf3e5a3525156affcad5eb853a630f65391
  7. A página de login foi adicionada em: https://github.com/Protimus/brACD/commit/9314255bed8365da2d081db80ac288088fede29b Essa é uma breve exposição de como ficou. Algumas coisas ainda precisam ser alteradas, além disso a escrita onde está a coluna com a logo é feita em javascript, por isso vocês não verão a imagem com animação. *não perderei tempo fazendo gif*
  8. Esse é um dos motivos para a demora, eu não quero liberar o projeto mal feito. Não adianta liberar algo mal programado, mesmo que em funcionamento... Para os usuários não faz diferença, mas para mim faz e acredito que para quem tem sabe o mínimo de programação também é.
  9. Vai dar no máximo uns 8MB as dependências do projeto, então é melhor por no pendrive do que queimar o CD... Nem é DVD ainda por cima, tecnologia ultrapassada. Hoje de tarde tratei pra vocês a tela do login e uma sample online.
  10. brACD - Central de Desenvovimento Olá, Há algum tempo atrás eu fiz um tópico com a ideia de refazer o antigo brACT (Centro de Traduções). Como o nosso projeto está com um desenvolvimento inferior ao que existia há anos atrás (muitos commits por dia), vejo a necessidade de revitalizar a estrutura de organização para dar inicio em uma nova etapa. A ideia principal do brACD é ser uma central onde seja possível enviar traduções, ter um status delas, enviar reports de bugs do emulador, dar prioridade os bugs e também organizar metas e tarefas para os desenvolvedores de modo público. Você poderá me perguntar o "porque não criar tarefas no Github?", a resposta é um pouco fora do padrão. Infelizmente a comunidade brasileira não está acostumada com um sistema diferente como o do Github, poucas pessoas ajudam ou tem coragem de fazer uma conta e entender como fazer um report, se perdem com a quantidade de opções que existem ou tem preguiça de achar. A ideia da central de desenvolvimento é ser algo simples, por isso ela pode ser mais efetiva do que qualquer sistema que já exista. As metas para desenvolvedores, torna aberto o nosso desenvolvimento e incentiva os membros a buscarem soluções em conjunto com os próprios desenvolvedores. A falta de auxilio aos projetos opensource muitas vezes ocorre devido os membros não saber nem por onde começar ou no que podem ajudar. Alguns se contentam com uma simples criação de tutorial, por não terem metas ou objetivos expostos. O sistema do brACD é um CMS feito em PHP, JavaScript, AngularJS, Bootstrap 4, utilizando novas tecnologias como Bower e Gulp. Qualquer um pode ajudar nele, eu estou deixando o repositório aberto ao público para que acompanhem o desenvolvimento: https://github.com/Protimus/brACD Dentro de 2 dias as telas de login e registro estarão concluídas e daremos inicio as telas do CMS (aplicação em si). Esse é apenas um dos passos para a revitalização do projeto, logo após daremos conclusão aos projetos já propostos: brACP, brAPatcher, brAEditor. Lembrando que qualquer ajuda é bem-vinda, seja ela em design ou em construção/melhoria de códigos. Att, Protimus.
  11. Estou dando um parecer, já que ninguém mais falou sobre o acontecido. Eu, o Roberto, Júlio, Tidus, Aly e Carlos (Raizen) conversamos a respeito de uma possível união durante 1 semana mais ou menos. Particularmente eu dei um dos passos iniciais e aderi a ideia, entretanto eu não vi muito motivo para simplesmente recriar a roda. Nós já temos um fórum em pleno funcionamento, uma skin exclusiva e um emulador que apesar de não ser como antes, ainda assim é utilizável e está em ótimo estado. Então eu pergunto: Porque ter o trabalho de fazer tudo isso de novo? Porque eu jogaria no lixo todo o FrontEnd de coisas que já estão prontas? Ainda assim eles conseguiram me convencer de criar uma comunidade do zero, pelo bem da comunidade brasileira em geral eu aceitei a ideia mesmo que isso fosse contra o senso lógico da questão. Depois de muita coisa discutida eu fiz algumas perguntas a respeito de planejamento, como seria a administração, quem seria a equipe e se qualquer um entraria na equipe, etapas de processo para o desenvolvimento. Porque é bom deixar tudo no papel para não haver futuros conflitos e estragar uma das maiores parcerias que seria feita... Entretanto eu não obtive mais respostas a partir do momento que fiz essas perguntas. Infelizmente alguns dias depois de debatermos bastante, o Roberto desistiu da união. Eu respeitei a opinião dele e quero deixar claro que NÃO há qualquer desavença da minha parte com ele ou com qualquer pessoa do Cronus. E pouco me importa quem ainda fala algo sobre mim ou tenta criticar de alguma forma... Se quer criticar ou brincar fique a vontade, mas também tenha competência e faça melhor do que eu já fiz nesses 10 anos ou simplesmente seja só mais um que só sabe falar e pouco fazer. Então é isso, continuaremos com o brAthena e em breve haverão novidades que alguns talvez se surpreendam um pouco. Toda essa história acabou me animando um pouco.
  12. Ontem nós fizemos uma reunião com algumas pessoas da equipe do brA e do Cronus, referente aos tópicos que foram criados em ambas as comunidades. Discutimos a respeito de tudo e não houve nenhum tipo de problema. Sobre minha visão das comunidades Eu nunca tive qualquer problema em unir a comunidade brasileira, meu problema sempre foram as infantilidades que alguns membros tinham e também a questão da antiga administração do Cronus deixar que isso tudo acontecesse, mantendo membros na equipe por status e não por merecimento, sem ter metas para cumprir, etc. Quando eu criei o brAthena, não foi por causa de rixa. Tivemos um problema no passado onde 7 membros da equipe do Cronus (incluindo eu), foram expulsos da equipe por não concordar com uma ideia. Foi nessa mesma época que o SVN era hospedado no OpenSVN e havia uma falha de SQLInjection que poucos conheciam e que dava acesso total de administrador à qualquer repositório que estava hospedado lá. Alguns dos membros que foram expulsos, tentaram fazer tópicos pedindo uma explicação do porque terem sido kickado e banidos, mas fecharam o registro de novas contas e simplesmente deixaram sem nenhum direito ao menos de resposta. Foi por isso que o SVN foi deletado naquela época e não foi por mim, foi por outro membro que frequentava e não chegou a ser da equipe, mas a culpa ainda é minha por ter ensinado-o isso. Então o motivo de criação do brAthena, foi tentar dar uma comunidade mais justa para os Brasileiros, onde esses problemas com equipe não existissem e pudessem dar mais atenção aos projetos do que à status, pois aquela época existiam muitos membros e aquilo subia a cabeça de alguns. Aqui no brAthena dentro desses 10 anos, tivemos um único problema de discussão interna entre dois membros Kooler e Clayton e não houve qualquer dano à nada do fórum. Houve uma tentativa de destruição do conteúdo do fórum através da conta do Wolf, que foi hackeada por um membro do Cronus que era da equipe (segundo ele), porém eu sempre faço backups e isso não foi um problema. O correto nunca foi ter feito o brAthena, o justo era ter alterado o sistema de conduta do Cronus e fazê-lo crescer mais ainda. Alguns não sabem mas eu já fui administrador do Cronus, infelizmente eu tinha apenas 13 anos e não sabia que tudo aquilo poderia acontecer, não pude fazer mais pelo projeto porque fiquei atado à esses problemas internos e a falta de direitos administrativos, pois era mais "visualmente" o cargo de administrador. O meu primeiro projeto foi o eAthena, depois foi o Cronus... Então antes que digam que eu odeio o Cronus, pensem milhões de vezes, porque ninguém tentaria e desafiaria à todos mais do que eu, para tentar melhorar aquele projeto. Até a fusão do Venus com o Cronus foi para isso, não pensem que todos os membros do Venus queriam uma fusão, eu é quem convenci alguns de que o fizessem, mas novamente foi um erro porque não adiantou de nada e as mesmas coisas que antes tinham acontecido, aconteceram. Muita gente me julgou baseado em conversa fiada do que os outros falam, nem me conheciam e me agrediam ou foram escrotos de alguma forma (até com ataques DDoS), tentativas de prejudicar o brAthena ou problema interno. Não foi fácil manter esse projeto nos seus primeiros anos, nunca foi fácil fazer uma boa administração se preocupando com esses tipos de problemas e ainda fazendo o desenvolvimento do Renewal para o mundo todo. Esses tipos de problemas me fez perder as esperanças um pouco na comunidade BR e por isso eu entrei no rAthena. Quando eu vi que os problemas que existiam internamente no Cronus também existiram no rAthena e que eles adicionaram na equipe gente que era do Cronus e tinham algo contra mim, eu desisti de ajudar o projeto. Tanto que hoje você vê duas comunidades distintas que são o rAthena e o Hercules. Sobre a união Confesso que fico um tanto receoso em uma união depois de tantas coisas erradas que aconteceram, mas ainda acho que é o correto. A ideia proposta é a criação de uma nova comunidade do zero, aproveitando conteúdo do brAthena e do Cronus, mas eu não concordei com isso. É fato que o brAthena tem uma infraestrutura e fórum dentro do padrão, então eu não vejo motivos para recriar a roda. O que eu fiz de proposta é manter o nome do brAthena e trazer a equipe e conteúdo e projetos do Cronus para cá. Não tenho mais o mesmo tempo que eu tinha antes, eu preciso me preocupar também com a minha vida profissional e pessoal, então não há sentido algum para mim em refazer algo que já está feito. Para que eu criei o design de vários projetos? Para que foi criada a nova skin do brAthena recentemente? Para que foi criado o brACP e brAPatcher? Para serem jogados no lixo ou terem que ser totalmente remodelados apenas por causa de um nome? Por esse motivo eu não estou de acordo com essa questão, mas com as outas questões que foram abordadas, estou de pleno acordo. Não posso afirmar que vai dar certo, mas também não vejo motivos para não ajudar. Quem me conhece sabe que eu prezo o bem estar da comunidade brasileira e é isso que eu estou disposto à fazer.
  13. A tendência é piorar, vai por mim. Depois que você não acha muitos jogos que te agrade, acaba se acostumando a ficar sem e arruma outras coisas mais produtivas pra fazer no lugar, hahahaha.
  14. Ou mala entra no skype depois precisava da sua ajuda com algo...

  15. Esperei todos responderem para dar um feedback. 1. Sobre o brAthena. A comunidade sofreu reformulação, o fórum ganhou uma nova skin e também mantemos um host que suporta o nosso fim. Será que todas as comunidades de RO têm isso, ou ainda se importam com a comunidade? Aqui nós ainda fazemos isso. Não tínhamos doações há mais de 2 anos, nem um centavo para ajudar simplesmente a manter uma hospedagem, recentemente um membro fez doação. Durante anos eu quem tirei do próprio bolso o dinheiro para manter esse fórum e mais 2 máquinas virtuais que eram de serviço privado, apenas para o brAthena e para disponibilizar conteúdo para todos vocês. 2. Atualizações do emulador. Durante anos, quase uma década eu fui um dos que mais ajudaram o emulador e os servidores privates no BR. Não só com a fundação do brAthena mas também no próprio eAthena e rAthena, não se esqueçam que uma grande parte dos códigos de 3rd foram desenvolvidas por mim e por desenvolvedores que passaram pelo brAthena, como o Jônatas. É muito feio cuspirem no prato que comeram. Até porque os outros emuladores só conseguiram updates com agilidade porque obtiveram códigos que nós também fizemos um dia. Isso não vale só para o brAthena mas também para o Venus e o Cronus que tiveram traduções feitas pelos Brasileiros, mesmo que nunca tenham tido um emulador 100% traduzido. É fato que o emulador do brAthena não tem o mesmo desenvolvimento de antigamente. Mas ele ainda cumpre com a finalidade em perfeito estado e da mesma forma que os outros projetos, até porque todos são forks, não tem uma grande diferença entre eles. A única diferença é que não temos mais tantas novidades ou desenvolvimento próprio como tínhamos antigamente.... Isso não é devido a falta de procura mas devido ao fato de que as pessoas tem o direito de decidirem se querem ou não continuar ajudando ou disponibilizando seu tempo para um projeto gratuito. Nós não conseguimos mais tantas pessoas que queiram ajudar o projeto. 3. As coisas mudam. Eu preciso seguir em frente, tenho uma vida e não posso dedicá-la mais inteiramente à uma comunidade. Eu consegui trazer o espírito opensource para a comunidade brasileira, mas a maioria não compreendeu a ideia. O problema é que o brasileiro não é acostumado com isso. Não é preciso ir muito longe para entender que a corrupção não está apenas em alguns políticos, mas está impregnada no coração da maioria das pessoas do nosso país. Quando encontram uma oportunidade de se beneficiar não exitam em fazê-lá, mesmo que prejudique alguém. É por isso que vemos e vimos tantos servidores falindo, por culpa de corrupção e roubo. *Isso é algo que vemos até hoje em servidores grandes, não vou citar nomes por questão de ética* O nosso povo não se apoia, não somos nem um pouco nacionalistas, exceto quando se trata de "futebol". E exatamente por isso, é muito difícil mudar a mentalidade das pessoas de entenderem que projetos gratuitos não são feitos para escravos darem tudo de mão beijada, tendo obrigação, só porque vocês querem... Projetos gratuitos são feitos para ajudarem as pessoas e com o incentivo das próprias pessoas nesse processo. Felizmente eu consegui ensinar alguns que passaram por aqui, uns até seguem na carreira de TI. Isso é muito gratificante, até porque é um pouco difícil tentar passar ideias através de uma tela, não tendo um contato físico. Bem, é isso... Nós estamos disponíveis para escutar quem quiser ajudar a comunidade com desenvolvimento ou doações. Dica para os leechers: Se eu fosse montar um servidor hoje qual emulador eu usaria? Certamente eu usaria o brAthena ou o rAthena. São as duas comunidades com maior suporte atualmente. Eu com certeza não usaria o emulador puro seja ele qual for, eu faria modificações nele para atender o que eu gostaria. Então aos que estão se sentindo "prejudicados" por não termos o mesmo desenvolvimento de antes, a dica é essa: Pegue um ou outro emulador e faça suas próprias mudanças, não dependa dos outros para ter seu projeto. Se você não quer colaborar com os projetos opensource, não exija apenas agradeça pela disponibilização de conteúdo que ainda existe.