Clare

Membro
  • Total de itens

    155
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

21 Contribuidor

Sobre Clare

  • Rank
    Ex-Contribuidor
  • Data de Nascimento 02-05-1994

Informa??o do Perfil

  • Sexo:
    Homem

Últimos Visitantes

3.560 visualizações
  1. Agradeço os comentários, e fico muito feliz que tenham gostado.
  2. Após a criação do mapa "Jardim de Prontera" por que não da continuação a expansão?, uma coleção de mapas baseada, na Nova Prontera utilizada no KRO, por isso estou criando O Mercado de Prontera, mapa simples porém agradável aos olhos, e bastante fiel ao tema proposto: Ao lado superior é possível observar a "entrada principal", de cada lado temos pequenas lojas que comportam temas, loja de peixes e padaria, e duas estruturas, esquerda e direita, que podem ou não, ser utilizadas com um interior. Ao lado inferior esquerdo do mapa temos, uma loja/fábrica de poções, pelo ou menos esta foi a ideia e tema por mim proposto, enquanto ao lado inferior direito temos um açougue, um armazém em forma de estruturá, e mais escondidinho no canto uma loja de panquecas com sua respectivas mesas e cadeiras. No centro da parte inferior do mapa temos um local com elevação de solo e cercado, para que serve? Bom o sr.ermirtry criou uma script (que eu saiba é de autoria dele) de mercado, onde são geradas placas em um formato quadrado do tamanho configurado. este quadrado foi feito especialmente para isso, creio eu que, em minhas contas, neste quadrado cabe mais de 150 placas, não sei ao certo, pois não testei com a script, e não vou dizer um valor exato se não tenho certeza né... mas também pode-se usar outro tipo de script que organize mercadores ou até mesmo nenhuma, apenas educar os jogadores para que abram lojas neste local. por fim... seguem as imagens do mapa: Gosta ou tem interesse nos meus serviços? Envie-me uma mensagem privada! Tem algum crítica, sugestão ou elogio? Deixe seu comentário. Quer ver mais do meu trabalho? visite meu perfil, e veja a aba "About me".
  3. provavelmente seu problema está sendo aqui em application.php : 'ServerAddress' => 'clare.com', // Aqui você poe o seu domínio ou ip do seu host, no meu exemplo clare.com 'BaseURI' => '/painel', // aqui é o subdiretório, no caso, nome da pasta do seu fluxcp, no meu caso eu nomeei a pasta do meu flux de // painel, então coloco este nome, poderia ser qualquer nome, mas optei por este, para quando forem acessar // digitarem "clare.com/painel" 'InstallerPassword' => 'minha_senha_de_instalação', // aqui é a sua senha de administrador do painel, ela é utilizada para você fazer o primeiro acesso de // configuração do flux, no caso a instalação, e depois caso queira, reinstalação e inserção de plugins e afins. mas se você ainda não consegue acessar seu problema também pode estar sendo aqui em servers.php: procure por 'DbConfig' e logo abaixo verá: 'Hostname' => 'Algum_IP', // Aqui você poe o IP do servidor onde o banco de dados do flux cp vai se conectar para ler tabelas, no meu caso //é o da VPS 'Username' => 'my_sql_user', // Aqui você poe o usuário do banco de dados mysql onde o flux deverá se conectar, no meu caso User da VPS 'Password' => 'my_sql_pw', // Aqui você poe a senha do banco de dados mysql onde o flux deverá se conectar, no meu caso PW da VPS 'Database' => 'BrAthena', // Aqui você poe o nome do banco de dados mysql onde o flux deverá se conectar e instalar as tabelas, se eu por // BrAthena, ele ficará dentro da DB de BrAthena, que no meu exemplo é esta DB onde estão as contas dos // usuários etc e tal. mais a baixo procure por 'LogsDbConfig' e logo abaixo verá: 'Hostname' => 'Algum_IP', // Aqui você poe o IP do servidor onde o banco de dados do flux cp vai se conectar para ler tabelas, no meu caso é o da VPS 'Username' => 'my_sql_user', // Aqui você poe o usuário do banco de dados mysql onde o flux deverá se conectar, no meu caso User da VPS 'Password' => 'my_sql_pw', // Aqui você poe a senha do banco de dados mysql onde o flux deverá se conectar, no meu caso PW da VPS 'Database' => 'Logs', // Aqui você poe o nome do banco de dados mysql onde o flux deverá se conectar e instalar as tabelas, se eu // por Logs , ele ficará dentro da DB de Logs, que no meu exemplo é esta DB onde estão as contas dos // usuários etc e tal. Observações: 1 - Se você é daqueles que gosta de praticidade e instalou todas as dbs do emulador em um único banco de dados chamado Ragnarok, então em ambas as colunas 'Database' coloque Ragnarok ou seja lá qual nome está escrito. 2 - Se você está instalando o Flux na mesma máquina da sua VPS o ServerAddress e os Hostname serão iguais. 3 - dentro da pasta flux existe um arquivo chamado error.php enquanto estiver realizando a instalação abra o arquivo e altere: $showExceptions = false; para $showExceptions = true; Isso vai fazer com que o flux comece a exibir os erros , depois de instalado, retorne o valor para false. 4 - E se eu não me engano, tem uma parte da instalação que vai exigir que você conceda permissões adicionais aos arquivos das pastas data/schemas você pode fazer isso usando chmod ou pelo filezilla, se não me engano o valor da permissão é 775 5 - Lembre-se de conceder todas as permissões ao usuário mysql que vai se conectar a DbConfig e LogsDbConfig O domínio clare.com aqui por mim citado é meramente didático e não me pertence, sei nem se existe. Caso eu tenha dado ou deixado alguma informação incorreta no tópico peço que alguém me corrija ou complemente.
  4. Em todos esses anos nessa industria vital é a primeira vez que vejo isso...
  5. Quero sim, se puder me enviar, te deixei uma PM @Edit: Dando meu retorno ao tópico, após receber o lang Logou, inclusive apareceu no terminal a mensagem: [Internal Guard] IG-Key (Número da Key) (Meu IP) Pedido de Conexão de (Meu login) [Meu IP] [Internal Guard] IG Key (Número da Key) accepted e em seguida as mensagens normais do emulador... enquanto isso no mysql na tabela IG: Na tabela Jogadoresid: - apareceu meu unique id, meu ip, data e hora do login Na tabela logs: - apareceu meu unique id, meu ip, data e hora do login as tabelas iglogs e a tabela banidos, continuam vazias. Uma coisa interessante que notei... Fiz algo de especial? Não... apenas segui o vídeo O que tem de diferente no meu IG? Está instalado em um host online e o host do meu IG é diferente do host do meu emulador, pois, não necessariamente eles precisam estar na mesma conexão, o IG é uma barreira a mais antes de que o player faça seu login no jogo. para resolver aqueles três erros que você estava inicialmente, eu mantive os IPs do IG em 127.0.0.1, pois ele está lendo o mysql em host local do seu host online, a conexão entre o IG e o host online é definida naquele momento em que se define o host no IG Tools Free Já o erro de permissões é resolvido com chmod ou clicando com botão direito e concedendo permissão no filezilla, colocando a pasta class em 777 resolve. O que eu te recomendo fazer? 1 - Instale seu IG em um host diferente do host do seu emulador, por exemplo o IG pode ser instalado no mesmo host em que o seu site está hospedado, não é preciso que ele fique em sua vps. 2 - re-verifique a key: if (strcmp(sd->ig_key,"00000000000000000")==0){ veja e reveja se ela está neste formato, com esta quantidade de dígitos e entre aspas, pois o erro que está dando é dizendo que a sua key é inválida, então provavelmente é algum erro de digitação ou até mesmo erro na hora de selecionar os arquivos para gerar a key.
  6. @cronorxaté onde estou sabendo, após pesquisar um bocado, o IG 3.8 está disponível de forma grátis em uma versão beta offline e não trabalha online, pois para que funcione online essa tal key, deveria ser gerada e depois comprada por um valor único (de forma vitalícia ou algo assim, não entendi muito bem essa parte), e os servidores que atualmente ainda utilizam o IG são aqueles que compraram essa Key. Li isso postado num fórum enquanto buscava pelo arquivo lang.txt pois possuo o IG 3.8 (não comprei key) mas me falta este arquivo, quando eu consegui-lo posso fazer um teste para verificar se isto é verdade mesmo, de o IG só está funcionando de forma offline. Talvez eu esteja errado, mas como falei, li essa notícia em um fórum por ai a fora, e não é mais possível obter a key visto que o autor do IG abandonou o projeto.
  7. O mapa seria postado, porém apareceram compradores e o mesmo foi vendido, por isso não posso mais postá-lo para a comunidade...
  8. o que está entre {} significa que é opcional de se colocar, o event label é tipo Nome_do_NPC::On_my_Mob_Dead (é você quem cria o verde), onde o verde será uma lavel On_My_Mob_Dead: <aqui você poe o que acontece quando o guardião morre> Exemplo prático: monster "prontera",123,42,"Poringz0rd",2341,23,"Master::OnThisMobDeath"; amatsu,13,152,4 script Master 767,{ mes "Hi there"; close; OnThisMobDeath: announce "Hey, "+strcharinfo(0)+" just killed a Poringz0rd!",bc_blue|bc_all; end; }
  9. Ele ficou inofensivo pois não está ligado a ninguém, não há ninguém para que ele proteja. o monstro estará ligado à aquele que executar a script, por exemplo, antes da batalha começar você poderia por um npc com a opção "invocar guardiões", e mandar o líder de cada time falar com ele. você pode tentar usar o comando: monster "<map name>",<x>,<y>,"<name to show>",<mob id>,<amount>{,"<event label>",<size>,<ai>}; ou summon "monster name",<monster id>{,<Time Out>{,"event label"}}; Com o summon acredito que vai dá mais certo, porém isso transformaria seu evento em uma especie de proteja o líder, pois quando o líder morrer todos os monstros morrem, além disso eles iriam seguir o líder, repare que ele não possui coordenadas. Já com o monster, eu não tenho certeza se a AI vai transformar o monstro em uma especie de summon, mas o que sei é que ele precisa de um "attached player"
  10. As pessoas vem aqui e postam "cutin" e não ensinam a usar o treco, oh povo sem noção... Vamos lá, dentro da sua data.grf vai ter a pasta texture, depois a pasta À¯ÀúÀÎÅÍÆäÀ̽º dentro dela vai haver outra pasta chamada Illust com as imagens de alguns npcs, não são todos que possuem as imagens. procure a imagem do respectivo npc que quer usar e copie seu nome, vá no script que deseja utilizá-lo e antes da primeira fala (primeiro mes), coloque o seguinte comando: cutin "Nome_da_Imagem",2; depois continue a script normalmente. quando for finalizar a script ao em vez de colocar: close; coloque: close2; cutin "",255; end;
  11. Criando um mob: <map name>,<x>,<y>,<xs>,<ys>%TAB%monster%TAB%<monster name>%TAB%<mob id>,<amount>,<delay1>,<delay2>,<event>{,<mob size>,<mob ai>} para você o que importa é a ultima opção: mob ai AI pode ser: 0 = padrão 1 = amigável 2 = esfera marinha 3 = flora (do alquimista) 4 = zanzou nenhuma dessas ai serve para criar o que você quer, mas a AI amigável é a que mais se relaciona, é a mesma usada no comando Summon onde o monstro começa a atacar monstros inimigos e personagens inimigos, mas ele não diferenciaria os inimigos por classes e sim por clã ou grupo, tecnicamente para fazer o que você quer seria necessária uma nome AI.
  12. Sim você pode, se te mandaram os modelos e o mapa em uma outra GRF você pode colocar na sua GRF do seu servidor sem o menor problema, basta extrair e colocá-los no local correto: 1 - os arquivos: .gat .gnd e .rsw e .extra (se existir) você coloca na GRF do seu servidor, sem nenhuma pasta. 2 - os arquivos da pasta Texture você coloca na pasta Texture da sua GRF respectivamente dentro de suas devidas pastas, por exemplo se tem a pasta Texture e dentro dela tem a pasta hero, você coloca a pasta hero dentro da sua pasta Texture, e assim faz com as outras contidas na GRF que te mandaram com o mapa. 3 - os arquivos da pasta Model você coloca na pasta Model da sua GRF respectivamente dentro de suas devidas pastas, do mesmo jeito que fez com a das pastas Texture, se existe uma pasta hero dentro da GRF que te mandaram você coloca os arquvos dela dentro de outra pasta hero em uma pasta Model na sua GRF. assim você estará juntando as duas GRFs. Normalmente mandam essas GRFs junto aos mapas quando estão utilizando modelos customizados, ou que ainda não existem dentro da GRF do BRO. O resto das configurações é somente você pegar e o WeeMapCache e ir na opção Open, selecionar o MapCache, depois ir na opção ADD+ e selecionar o arquivo .Gat do Mapa, que você extraiu da GRF que te mandaram. Depois você vai no arquivo maps.conf e na pasta Conf, lá no fim dele você adiciona o seu mapa, seguindo o modelo dos mapas anteriores, por exemplo map: custom Após fazer isso você vai no mapindex.txt na pasta DB e só adiciona o nome do mapa lá no final por exemplo custom
  13. Rapaz esse Carlão é top mesmo viu, adeus npc que fazia isso, olá comando :>
  14. Normalmente o problema está no arquivo .act do item, você pode editá-lo com o actor edit e definir se ele fica na frente ou atrás do personagem, mas este é um trabalho bem chato de se fazer pois você terá de editar cada uma das imagens que compõem o item... Não sei se tem alguma opção no actor edit que permite editar todas elas ao mesmo tempo, não o utilizo muito. Quando isso acontece comigo, eu normalmente faço uma copia do act original do item (por segurança) e testo act de outros itens nele (só renomear a act dos outros itens com o nome dele), até achar alguma que se encaixe bem, normalmente uso a de algum item parecido e que já esteja no lugar que eu quero e normalmente resolve, por exemplo, se você tiver outro item de "aura", tipo aquelas auras de dragão que parecem um carro alegórico, que esteja no lugar correto, experimente copiar o act dele e renomear com o nome deste item que está com problema, as vezes resolve.
  15. vamos tentar outras coisas então: em brAthena/src/common/ procure por MMO.H abra o arquivo e procure por #define PACKETVER 20151029 altere 20151029 pela data correspondente a do seu cliente, por exemplo, se seu client é 2014-10-22b, você substitui por 20141022 depois disso: em brAthena/conf/network.conf abra o arquivo e verifique se ele está assim, caso tenha sido alterado, retorne-o ao normal. Mais uma vez vá: em brAthena/conf/char-server.conf // Configuração das senhas de comunicação com o banco de dados. // Você deve modificar a tabela 'login' no seu banco de dados, alterando o padrão s1 e p1 para um nome de usuário e senha de sua escolha. // Dessa forma você estará protegendo seu servidor contra entradas remotas proibidas. userid: s1 troque s1 por o mesmo login que você definiu no phpmyadmin passwd: p1 troque p1 pela a mesma senha que você definiu no phpmyadmin // Configurações do nome do servidor. // Use caracteres alternativos com "ASCII 160" para uso de espaços. // NOTA: Você não poderá por espaço no nome do servidor, pois causará conflito nos emblemas das guildas no cliente. server_name: brAthena // Nome de usuário do servidor, usado para mandar mensagens do servidor para os jogadores (deve ser entre 4 à 23 caracteres). wisp_server_name: Server // IP de login do servidor. // O servidor de personagens (char-server) conecta-se ao servidor de login (login-server) atráves deste endereço de IP. // NOTA: Isto deve ser usado quando existir um firewall ligado ou a máquina estiver ligada em interfaces múltiplas. //login_ip: 127.0.0.1 NÃO MEXA REMOVA SOMENTE AS // // O servidor de personagens lista em sua interface neste endereço de IP. // NOTA: Aceita rodar múltiplos servidores em múltiplas interfaces usando as mesmas portas do servidor principal. //bind_ip: 127.0.0.1 NÃO MEXA NEM REMOVA AS // // Porta de login do servidor (login-server). login_port: 6900 // IP do servidor de personagens (char-server). // O servidor de personagens (char-server) usa este endereço de IP para conectar-se ao servidor. //char_ip: 127.0.0.1 NÃO MEXA REMOVA SOMENTE AS // // Porta do servidor de personagens (char-server). char_port: 6121 Mais uma vez vá: em brAthena/conf/map-server.conf /// Configuração das senhas de comunicação do banco de dados. // NOTA: VOCÊ DEVE MODIFICAR O PADRÃO s1 E p1 PARA PROTEGER O SEU SERVIDOR. userid: s1 troque s1 por o mesmo login que você definiu no phpmyadmin passwd: p1 troque p1 pela a mesma senha que você definiu no phpmyadmin // IP do Servidor de Personagens (char-server). // O servidor de mapas (map-server) conecta-se ao servidor de personagens atráves destas configurações de endereço IP. // NOTA: Isto deve ser usado quando existir um firewall ligado ou a máquina está ligada em interfaces múltiplas. //char_ip: 127.0.0.1 NÃO MEXA REMOVA SOMENTE AS // // O servidor de mapas lista em sua interface este endereço IP. // NOTA: Aceita rodar múltiplos servidores em múltiplas interfaces usando as mesmas portas do servidor principal. //bind_ip: 127.0.0.1 NÃO MEXA NEM REMOVA AS // // Porta do Servidor de Personagens (char-server). char_port: 6121 // IP do Servidor de Mapas (map-server). // IP que os clientes usarão para se conectar. // Ajuste para que o IP do seu servidor seja público. //map_ip: 127.0.0.1 NÃO MEXA REMOVA SOMENTE AS // // Porta do Servidor de Mapas (map-server). map_port: 5121 MANTENHA ONDE TEM MAP_IP E CHAR_IP EM 127.0.0.1 Agora vá em Ragnarok/data/clientinfo.xml procure por: <address></address> Insira o IP 127.0.0.1 entre os dois address, vai ficar: <address>127.0.0.1</address> no seu lugar, eu Clare, baixaria o emulador de novo e começaria do zero.